Irritação, Tempestades, Arrumação e Nomes de Bebês

  • on 24/07/2007
  • Estou meio irritado, o que não é normal, dificilmente sou visto irritado, a razão objetiva dessa irritação é algo meio vago, meio incerto.

    Mas fato é que estou irritado, é o que agrava em muito minha irritação é que não tenho a quem culpar, não é culpa de ninguém, nem mesmo minha, é um acontecimento natural, saudável, positivo, correto, ou seja, não podia ser pior, não tenho a quem reclamar, não tenho o que praquejar, eu sabia que iria acontecer, é como uma tempestade, um fenômeno da natureza, ninguém tem culpa.

    Quando estou neste estado, o que é, repito, muito raro, começo a arrumar loucamente, arrumação não é meu forte, se me ver arrumando de forma desenfreada, tenha certeza, não é um bom dia. Como meu computador já estava super arrumado tive que sair do virtual para o real. Boletos, tiquetes, notas fiscais, revistas,...

    Foi ai que a porca torceu o rabo, tenho zilhões de revistas científicas, uns bilhões de revistas de história, e uma meia dúzia de temas afins desde de literatura à culinária.
    Bem, desde que recomecei minha vida sozinho neste planeta estranho e hostil, coisa de um ano, muitas das revistas estavam empacotadas de um jeito ou de outro, pois bem, resolvi arruma-las. Entre revistas sobre aquecimento global, células tronco e processadores de última geração de 2001, achei uma revista que me fez voltar ao passado, uma revista sobre nomes de bebês terráqueos.

    Engraçado hoje parece que ela foi comprada a milhões de anos por um ser estranho e distânte. Será que um dia ainda usarei?
    Share |

    1 Recados:

    Lu Poeta disse...

    HUAHUAHUA!!!HEHEHE!!!

    sEM cOMENTÁRIOS...