Meu domínio nas Ilhas Coco

  • on 05/04/2009
  • Primeiro

    Não, não sou um descendente de John Clunies-Ross, não pertenço a histórica e controversa família que governou essas ilhas perdidas no meu do Pacífico Sul (na verdade Índico) por mais de 150 anos.

    Dadas estas explicações, continuemos…

    Por que estou aqui falando de um lugar tão distante, tão distante que nem mesmo o Google Earth sabe onde fica!!!?

    Pronto: agora meus leitores acostumados as minhas pequenas alucinações devem estar pensando que estou aqui a falar de lugares imaginários…

    Este lugar existe e para acha-ló no GE tem que usar um complemento ao nome, Keeling.

    O nome oficial do país, se é que podemos chamar de país, é Ilhas Coco (Keeling). Assim mesmo com parênteses! Já tinha visto um país como nome em parênteses? É assim para diferencia-la das outras ilhas ricas em coqueiros e com nomes pouco criativos.

    Paremos de preciosismos geográfico e vamos ao que interessa. Essas ilhas, que na prática pertencem a Austrália, terceirizaram seu domínio de origem, a uma empresa coreana, está ficando responsável pelos domínios .co.cc e .cc.cc ou seja a empresa é “dona” de um pedaço da Internet. Que por sua vez anda distribuindo de graça.

    Cadastrei dois, uma para o PDE e outro para uso como professor, tive que encontrar DNS gratuitos e configurar toda uma sopa de letrinhas como MX, CNAME, C3PO, etc. Mas agora está tudo funcionando.

    O interessante é ver um brasileiro, usar serviços de uma empresa americana hospedados no Panamá para configurar um domínio de origem de um país do Oceano Índico pertencente a Austrália que terceiriza a administração de seu pedaço da Internet à uma empresa sul coreana, que em teoria poderia estar com seus servidores em Nova Deli, Cairo ou Osasco. Entendeu o que é globalização ou quer que eu desenhe?

    CO.CC:Free Domain

    Share |

    1 Recados:

    Le Chasseuse disse...

    Entendeu que você nessa brincadeira faz papel de Brasil ou quer que eu desenhe ?