Uma pequena nota

  • on 25/11/2007
  • Tem dias que prefiro de não dar ao elevador do prédio o prazer de me ver, prefiro ficar em casa. Mesmo que isso implique em uma dieta de zero calorias, ontem e hoje foram quase assim, tive que sair para caçar mamutes, mas permaneci o maior tempo possível escondido em minha caverna, verdade que em contato com o mundo através do meu velho companheiro meu jurássico comput.

    Fui a muitos lugares sem sair de casa, como de costume, baixei músicas, vídeos e programas para celular, conversei com damas das mais variadas parte do Brasil, uma que não falava a anos e que me surpreendeu com uma vida nova, outra que me perturba a mente e a alma. Mas principalmente com as minhas meninas, senhoritas que aquecem meu sombrio coração. Me pergunto por que minhas conversas por MSN se restringem ao universo feminino, é algo que realmente não sei, mas não é disso que se trata esse post.

    Na verdade ele não trata de nada, como boa parte desse blog. Blog que virou para mim uma mesa, onde coloco o que me interessa, minhas anotações, recortes de jornal, lembretes para mim mesmo ou para amigos, em suma é minha gaveta, minha sala, mas não minha alma. Está nunca se abre.

    Vagando pela Internet sem rumo me deparo com blogs dos mais variados, e através deles chego a lugares no mínimo inusitados como um site que relaciona todos os produtos da ACME antiga fábrica quinquilharias dos desenhos do Coiote e Perna Longa. Só não achei o buraco portátil, que para mim é o mais útil de todos os apetrechos inventados por ela.

    Blogs, Blogs e blogs, todos os solitários do mundo tem um, ou deveriam, e todo blogueiro é um solitário, por mais que minta, que diga que não, que tenha uma vida de devasso, é um solitário. É obviamente o destino de todo escritor, escrever é uma ação que só pode funcionar no isolamento, meu blog é muito disso, quanto mais post por dia, maior é o sinal que estou preferindo a minha própria companhia. Mas não é um vício só meu.

    Falando neles  encontrei alguns interessantes como o Pensar Enlouquece, não tive muito tempo para explora-lo, mas o pouco que vi gostei, identifiquei o óbvio, mas um solitário interessante, com ideias boas e tempo ocioso.

    Alguns blog merecem ser visto, senão pelo conteúdo, apenas pelo fantástico nome que tem, como "A Grande Abóbora", infelizmente minha meia dúzia de leitores não vai relacionar o fato ao personagem, mas de qualquer forma é um nome no mínimo inusitado.

    Alguns são fontes preciosas de informação como o Revolução Etc. Que trata de Design para web entre outras coisas. Em Blog você acha de tudo, desde um relato de uma vida tão sem graça que obviamente é plano de fundo para segredos terríveis, até um videozinho bem interessante:



    Eu particularmente adora as fotos que se acham por ai, algumas são intrigantes outras apenas geniais:



    Bem enfim, não ter muito o que fazer, ou pior, querer fugir do que se tem o que fazer é sem dúvida o que torna a Internet tão atraente.
    Share |

    4 Recados:

    marcus disse...

    De fato, Djan, é difícil alguém se ligar na referência do nome do blog. Quando eu usava o Linus no meu banner, era mais fácil.

    Fênix Dualista disse...

    Que bom...aproveito então pra desejar-lhe boa noite.
    obrigada pela gentil visita.

    abraço

    Inagaki disse...

    Não entendi de onde você tirou conclusões apressadas como as de que sou um "solitário interessante", já que namoro e vivo saindo com meus amigos, ou "com tempo ocioso", uma vez que meu ritmo de atualizações no blog é de 3 ou 4 posts por semana no máximo, devido à série de trabalhos e free-lancers que vivo fazendo. De qualquer modo, obrigado pela citação.

    Le Chasseuse ! disse...

    realmente. digo mais uma vez. bem vindo novamente, homem de lata.

    concordo que de fato todo blogueiro tem um autista dentro de si. mas nem todos o demonstram, e discordo de sua conclusão 'precipitada'.

    a maioria se liga em nomes e coisas do gênero, diferente de mim. eu acho. que tento prestar mais atenção ao conteúdo. como quando leio seus posts.

    parabéns.